quarta-feira, 1 de junho de 2022

Prefeito Ramon Gidalte inaugura Centro Especializado de Atendimento à Mulher

Fotos Divulgação
Casimiro de Abreu ganhou, na tarde desta terça-feira (31), mais um importante equipamento em favor das mulheres vítimas de violência: o Centro Especializado de Atendimento à Mulher (CEAM). O espaço, localizado no Centro da cidade, tem o papel de desenvolver ações de prevenção e enfrentamento à violência doméstica articular as redes de atendimento, especialmente nas áreas de saúde, assistência social, segurança pública e justiça.

Durante a inauguração, a secretária municipal de Assistência Social, Karen Louzada, explicou que a unidade se propõe a fazer um atendimento às mulheres vítimas de violência com serviços psicológicos e jurídicos, entre outras atividades.

“Será um local para que as mulheres tenham as orientações e apoios necessários para saírem do ciclo de violência. Teremos ainda um espaço de empoderamento feminino com oficinas e cursos, para que elas tenham oportunidade de ter independência financeira”, explicou Karen, se referindo ao Programa Empoderadas, que funcionará nas dependências do CEAM.

A idealizadora do Programa, a ex-lutadora de MMA, Érica Paes, esteve presente na inauguração e explicou como funcionará o Empoderadas em Casimiro de Abreu.

“Infelizmente, os casos de violência contra a mulher vêm aumentando significativamente nos últimos anos. Só durante a pandemia, esse número aumentou em cerca de 80%. Em três anos, o Empoderadas já atendeu 150 mil mulheres em todo estado, ajudando a salvar milhares de vidas. O Empoderadas realiza ainda promoção e conscientização dos direitos e as leis voltadas à proteção das mulheres; atendimento psicológico (com extensão para os filhos das alunas); cursos de capacitação e qualificação profissional e reiteração aos estudos”, revelou Érica.

Na ocasião, também foi anunciada a implantação da Patrulha Maria da Penha no município. O secretário de Ordem Pública e Defesa Civil, Wellington Lima, ressaltou a importância da Patrulha na rede de proteção às mulheres.

“A Patrulha Maria da Penha atuará de forma preventiva e protetiva nos casos de violência contra à mulher, por meio de acompanhamento com medidas protetivas de urgência pelos Patrulheiros da Guarda Municipal, com a cooperação dos órgãos e entidades que constituem a rede de atendimento às mulheres em situação de violência” disse o secretário.

O prefeito Ramon Gidalte ressaltou os investimentos que a atual gestão vem realizando no setor de segurança. “Acolher e apoiar as mulheres vítimas de violência é obrigação do poder público. E é isso que estamos buscando aprimorar com a chegada do CEAM e a implantação do Empoderadas e da Patrulha Maria da Penha. Sabemos que, infelizmente, existe uma demanda bem elevada nos casos de violência contra a mulher, por isso nossa missão é criar mecanismos para coibir esse tipo de violência no nosso município”, afirmou Ramon.

A cerimônia de inauguração contou com a presença do deputado estadual, Bruno Dauare, que no período que esteve à frente da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos foi um dos responsáveis pela implantação do CEAM em Casimiro de Abreu.

Fotos Divulgação
“Fico muito feliz em saber que aquela sementinha plantada na minha gestão hoje dá tantos frutos. Parabéns ao prefeito Ramon e a secretária Karen que foram incansáveis na busca por esse equipamento”, disse o deputado

O Ministério Público, através da Promotoria de Justiça de Casimiro de Abreu, também se manifestou sobre a implantação do CEAM. “O Ministério Público entende que a temática da violência doméstica e familiar contra a mulher é um assunto que deve ser debatido em todas as esferas da sociedade, cabendo ao poder público propiciar os meios para a mitigação das diferentes formas de manifestação dessa violência. As ferramentas que hoje são inauguradas são um passo importante no atendimento ao comando legislativo que determina que o poder público desenvolva políticas que visem garantir os direitos humanos das mulheres no âmbito das relações domésticas e familiares”, diz a nota assinada pela promotora Tatiana Kaziris.

Também marcaram presença no evento vereadores, autoridades policiais e sociedade civil organizada.