quinta-feira, 2 de junho de 2022

PL pede cassação do deputado federal Glauber Braga, do Psol

Deputado usou tribuna e ofendeu presidente da Câmara
 durante sessão | Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Depois de briga com presidente da Câmara, parlamentar do Rio pode ser cassado

O PL entrou com pedido de cassação do mandato do deputado federal Glauber Braga (Psol-RJ) na Câmara dos Deputados. O partido alega quebra de decoro parlamentar.

Na sessão de terça-feira 31, o deputado do Psol discutiu com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). Lira afirmou que o parlamentar responderia no Conselho de Ética.

Durante votação da proposta que modifica a política de preços da Petrobras, Braga utilizou o microfone para perguntar se Lira não tinha “vergonha”. Foi neste momento que a briga começou. Segundo Lira, Braga não estava inscrito pelo Psol para falar sobre o assunto.

-Publicidade-

“Peço que se contenha, faça suas críticas, agora não venha com palavras de baixo calão, porque só falta o senhor chamar qualquer deputado para a briga neste plenário. Se faltar com respeito, vai ao Supremo Tribunal Federal”, disse Lira, em resposta ao psolista.

O deputado Glauber Braga, então, começou a gritar no plenário da Câmara dos Deputados pedindo a palavra. Ele chamou Lira de “ditador”. Lira, então, ameaçou retirar Braga do plenário caso ele continuasse a gritar ou ofender parlamentares durante as votações na Casa. Deputados do PL apoiaram as palavras de Lira contra o deputado.

‘Resolveram correr’

Glauber Braga afirmou pelas redes sociais que recebeu a representação do PL pedindo sua cassação junto ao Conselho de Ética. Segundo ele, “resolveram correr com esse processo”. Ele prometeu fazer uma live ainda nesta quarta-feira para falar o que pretende fazer sobre o assunto.

Heitor Mazzoco