quarta-feira, 1 de junho de 2022

Lula diz que Alckmin foi contra impeachment de Dilma

Alckmin e Lula: de inimigos a companheiros 
Foto: Reprodução/PSB

Chamado por Lula de 'companheiro', ex-tucano deu declarações de apoio ao afastamento da então presidente petista

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou durante entrevista para a rádio Band de Porto Alegre (RS) nesta terça-feira, 31, que seu futuro candidato a vice na chapa, Geraldo Alckmin, foi contrário ao processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

“Não fale isso, que não é verdade [questionar que Alckmin foi favorável ao impeachment]. O Geraldo Alckmin não só era contra, como ele pediu um parecer de um advogado, que deu um parecer contra o impeachment. Não, por favor, não digam isso [que era favorável]. O Alckmin é um homem de bem e um companheiro que vai me ajudar de forma extraordinária a consertar este país”, disse Lula.

Ao contrário da afirmação de Lula, o ex-tucano deu declarações públicas favoráveis à retirada de Dilma do comando da República. O processo de impeachment da petista começou em dezembro de 2015 e foi encerrado em agosto de 2016, quando Michel Temer (MDB), até então vice-presidente, assumiu como presidente definitivo.

Em entrevista ao SBT, à época, Alckmin disse que o “PSDB agiu corretamente ao votar favorável ao impeachment. Temos o dever de apoiar o governo, possível governo Temer aí na frente”.

Heitor Mazzoco