segunda-feira, 20 de junho de 2022

Ex-guerrilheiro é eleito presidente da Colômbia

Gustavo Petro, o novo presidente da Colômbia
 Foto: Reprodução/Flickr

Gustavo Petro recebeu 50,46% dos votos, enquanto Rodolfo Hernández foi o preferido de 47,28% dos eleitores

O ex-guerrilheiro Gustavo Petro foi eleito neste domingo, 19, o novo presidente da Colômbia. É a primeira vez na História que um candidato de esquerda vence a principal disputa eleitoral do país.

Com quase 100% das urnas apuradas, Petro aparece com pouco mais de 50% dos votos. Ele foi escolhido por 11,3 milhões de colombianos. Rodolfo Hernández, seu concorrente, está com cerca de 47% dos votos. Aproximadamente 10,5 milhões de cidadãos optaram pelo candidato derrotado.

Pelo Twitter, o ex-guerrilheiro comemorou a vitória. “Hoje é um dia de festa para o povo”, afirmou. “Festejem a primeira vitória popular. Que tantos sofrimentos se acabem na alegria que hoje inunda o coração da Pátria.”

O presidente Iván Duque parabenizou o novo chefe do Executivo. “Chamei Petro para lhe dar os parabéns”, disse ele, nas redes sociais. “Concordamos em nos reunir nos próximos dias para começar uma transição harmônica, institucional e transparente.”

Também pelas redes sociais, Hernández reconheceu a derrota. “A maioria dos colombianos que votaram escolheu o outro candidato”, escreveu o político. “Aceito o resultado, como deve ser, e desejamos que nossas instituições sejam firmes. Sinceramente, espero que essa decisão seja benéfica para todos, e a Colômbia se encaminhe à mudança que predominou essa eleição.”

Metade do Congresso está com a centro-direita tradicional do país. Já a esquerda, que envolve siglas como o Pacto Histórico, do novo presidente, e o Partido Comunes, ex-Farc, possui 35% das cadeiras.

Redação Oeste