terça-feira, 14 de junho de 2022

Conselho de Ética deve abrir processo contra Glauber Braga, do Psol

Após discussão com Lira, Glauber vai parar no
Conselho de Ética
Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Parlamentar pode ter mandato cassado depois de confusão com presidente da Casa, Arthur Lira

Na terça-feira 14, o Conselho de Ética da Câmara dos Deputados vai se reunir para instaurar processo que pode cassar o mandato do deputado federal Glauber Braga (Psol-RJ) por quebra de decoro parlamentar.

O PL, partido do presidente Jair Bolsonaro, entrou com representação contra o deputado do Rio de Janeiro depois de uma confusão no plenário Ulysses Guimarães, há duas semanas.

Durante votação da proposta que modifica a política de preços da Petrobras, Braga usou o microfone para perguntar se Arthur Lira (PP-AL) não tinha “vergonha” de defender a privatização da estatal. O clima esquentou. Segundo Lira, Braga não estava inscrito pelo Psol para falar sobre o assunto.

 “Peço que se contenha, faça suas críticas, agora não venha com palavras de baixo calão, porque só falta o senhor chamar qualquer deputado para a briga neste plenário”, disse Lira. “Se faltar com respeito, vai ao Supremo Tribunal Federal.” Braga subiu ainda mais o tom e chamou Lira de “ditador”.

Heitor Mazzoco