sexta-feira, 10 de junho de 2022

Caso Gabriel Monteiro: Conselho de Ética prorroga calendário de depoimentos

Vereador é investigado por quebra de decoro parlamentar. 
WILTON JUNIOR/ESTADÃO

Interrogatórios seriam concluídos nesta quinta-feira, 9, mas defesa modificou as testemunhas

O Conselho de Ética da Câmara Municipal do Rio de Janeiro decidiu prorrogar até o fim do mês o cronograma com o calendário de oitivas e depoimentos do processo em que o vereador Gabriel Monteiro (PL) é investigado por quebra de decoro parlamentar. Os interrogatórios deveriam terminar nesta quinta-feira, 9. No entanto, houve uma modificação de última hora, porque a defesa do vereador do PL desistiu de ouvir o empresário Rafael Sorrilha e solicitou a oitiva do delegado Luis Maurício Armond, titular da 42ª DP (Recreio), responsável por investigações importantes que envolvem o político. Uma delas é sobre suposto vazamento de vídeo íntimo em que Gabriel Monteiro teria feito sexo com uma menor de idade. Outro inquérito envolve a chamada máfia dos reboques, no Rio de Janeiro. Nesta quinta-feira duas pessoas serão ouvidas: Rafael Angelo e Bruno Assunção, eles serão interrogados pelos sete integrantes do Conselho de Ética. Na próxima semana, outras duas testemunhas serão ouvidas pelos vereadores e as últimas oitivas acontecem no dia 21 de junho.

Por Jovem Pan

*Com informações do repórter Rodrigo Viga