sexta-feira, 3 de junho de 2022

Bolsonaro defende decisão de Nunes Marques sobre Francischini e volta a criticar TSE

Bolsonaro voltou a criticar TSE na live desta quinta. 
WALLACE MARTINS/FUTURA PRESS

Presidente afirmou que a Corte ‘ataca a democracia’ e ‘não quer a transparência do sistema eleitoral’

O presidente Jair Bolsonaro (PL) defendeu a decisão do ministro Kassio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), de restituir o mandato do deputado estadual paranaense Fernando Francischini. Em live realizada nesta quinta-feira, 2, o mandatário voltou a criticar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que decidiu cassar o parlamentar em outubro do ano passado. A medida ocorreu após a publicação de um vídeo no qual Francischini afirmou, sem provas, que houve fraude nas eleições de 2018. Bolsonaro disse que a decisão da Corte foi “inacreditável” e destacou que três ministros do Supremo votaram a favor da cassação: Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso e Edson Fachin, atual presidente do Tribunal Eleitoral. “O TSE está tendo medidas arbitrárias, contra o estado democrático de direito, atacam a democracia, não querem a transparência do sistema eleitoral”, disse o presidente. A declaração ocorreu algumas horas depois de Fachin dizer que atentar contra a Justiça Eleitoral e disseminar desinformação é atentar contra a democracia. 

Bolsonaro também lamentou o fato do TSE ter rejeitado as sugestões das Forças Armadas para o sistema eleitoral. “O TSE convidou as Forças Armadas a participar de uma comissão que visa a transparência eleitoral, e depois o ministro presidente do TSE não aceita mais conversar, diz que tem que ser assim e não se discute mais esse assunto. Lamentável”, criticou. Durante a transmissão ao vivo, o presidente ainda comentou a declaração de Alexandre de Moraes em defesa da cassação do registro de candidatos que divulgarem fake news nas redes sociais. “Moraes disse que tinha jurisprudência para isso. Tinha jurisprudência. Não tem mais porque o Kassio Nunes restabeleceu o mandato do Francischini”, disse. 

Assista à transmissão da live desta quinta-feira, 2: 

Por Jovem Pan