Vargas Llosa defende reeleição de Bolsonaro

Mario Vargas Llosa, escritor peruano e Nobel de Literatura,
 durante o evento 'Fronteiras do Pensamento', na Universidade
 Federal do Rio Grande do Sul - 11/05/2016 
 Foto: Luiz Munhoz/Fronteiras do Pensamento

Vencedor do Prêmio Nobel de Literatura em 1990 participou de uma palestra em Montevidéu

Vencedor do Prêmio Nobel de Literatura em 1990, o escritor Mario Vargas Llosa declarou que prefere a reeleição do presidente Jair Bolsonaro que a vitória de Lula neste ano. “As travessuras de Bolsonaro são muito difíceis para um liberal admitir”, disse. “Agora, entre Bolsonaro e Lula, prefiro Bolsonaro.”

Em uma palestra realizada em Montevidéu, Vargas Llosa lembrou que, embora haja admiradores do petista espalhados pelo mundo, como os europeus “apaixonados por Lula”, não se pode esquecer que a Justiça considerou o ex-presidente “um ladrão” e o prendeu por corrupção e lavagem de dinheiro.

Apesar de apoiar Bolsonaro, Vargas Llosa ponderou que o presidente “não é um candidato que desperte entusiasmo”. A crítica mais forte que fez a Bolsonaro foi em relação às vacinas. “É um absurdo confrontá-las do jeito que fez.”

Redação Oeste

Postagem Anterior Próxima Postagem