Estado trabalha a todo vapor na construção da Ponte da Integração, no Norte Fluminense

Estrutura de 1,3 mil metros, que vai ligar São João da Barra a São Francisco do Itabapoana, encurtará viagens e beneficiará cerca de 1 milhão de pessoas

Técnicos, operários e máquinas trabalham a pleno vapor nas obras de construção da Ponte da Integração, que vai interligar São João da Barra e São Francisco do Itabapoana, no Norte Fluminense. Aguardada há 40 anos pela população da região, a estrutura de 1.344 metros, que encurtará a viagem entre os dois municípios em até 80 quilômetros, vai beneficiar milhares de produtores rurais e promete alavancar o turismo local. 

Estima-se que mais de um milhão de pessoas serão beneficiadas após a conclusão dos trabalhos, sem contar os empregos gerados a partir do desenvolvimento do Porto do Açu. Moradores de Campos dos Goytacazes também serão contemplados com a intervenção, que servirá como uma das principais rotas de escoamento de diversos produtos. 

- A conclusão dessa ponte é um capítulo importante no processo de recuperação econômica do Norte e Noroeste e, consequentemente, do estado do Rio de Janeiro. Tirar essa obra do papel é um orgulho imenso para o governo – afirmou o governador Cláudio Castro.

Com a previsão de um período sem tantas chuvas fortes, a expectativa é que as obras, que começaram em fevereiro, não tenham mais interrupções em seu cronograma. No momento, segundo o Departamento de Estradas de Rodagem do Rio de Janeiro (DER-RJ), os serviços se concentram na parte estrutural da ponte (envolvendo lajes de continuidade armadas e concretadas), montagem de treliças de lançamentos, além da instalação de barreiras e guarda-corpos. 

Ao todo, serão gastos mais de R$ 40 milhões para finalizar o projeto. Com 16,2 metros de largura, a ponte tem 35 pilares, sendo 17 no trecho sobre o Rio Paraíba do Sul, 14 em São João da Barra e quatro em São Francisco do Itabapoana. Pelo lado de São João da Barra, a estrutura fica entre a intersecção com a BR-356 (próxima ao Trevo do Açu); já em São Francisco, na RJ-194, na localidade Campo Novo.

 A Ponte da Integração também vai incrementar o escoamento de produção do polo de fruticultura e das usinas de cana-de-açúcar instaladas no Norte Fluminense. Além disso, vai facilitar o acesso de visitantes a diversas praias e hotéis-fazenda em São João da Barra e São Francisco do Itabapoana, impulsionando o fluxo turístico e gerando novos empregos e negócios no setor.

Postagem Anterior Próxima Postagem