Morre Jacques Perrin, o 'Totó' adulto de 'Cinema Paradiso'

Além de atuar, Perrin trabalhou incansavelmente também atrás das câmeras, tendo dirigido vários documentários | Foto: AFP

Sua carreira o levou a acumular mais de 70 créditos no cinema, incluindo "Z", de Costa-Gavras

O ator e cineasta francês Jacques Perrin morreu em Paris nesta quinta-feira (21), aos 80 anos. A família confirmou a notícia à AFP, a Agência France Presse, mas não informou a causa da morte. O artista nascido em Paris ficou marcado por interpretar a versão adulta de Salvatore "Totó" Di Vita no filme "Cinema Paradiso", de Giuseppe Tornatore, vencedor do Oscar de filme estrangeiro em 1990.

Sua carreira o levou a acumular mais de 70 créditos no cinema, com outros papéis notáveis, incluindo o de um fotojornalista no também oscarizado "Z", de Costa-Gavras, e o de par romântico da musa italiana Claudia Cardinale em "A Moça com a Valise".

Perrin se sentia confortável atuando nos cinemas francês e italiano, e trabalhou incansavelmente também atrás das câmeras.

Ele dirigiu vários documentários, como "Migração Alada", de 2001, sobre os padrões migratórios das aves, e "Oceanos", que retrata a vida debaixo d'água em alta definição, ao lado de Jacques Cluzaud. E assinou mais de 50 filmes como produtor, incluindo o recente "O Lobo e o Leão".

"A família tem a imensa tristeza de informar sobre a morte do cineasta Jacques Perrin. Ele faleceu pacificamente", disse o filho de Perrin, Mathieu Simonet, em comunicado. (AFP).

O TEMPO
Postagem Anterior Próxima Postagem