‘Tentam nos igualar a quem nos antecedeu’, diz Bolsonaro sobre denúncias no MEC

O presidente da república, Jair Bolsonaro, se pronunciou 
sobre a crise no Ministério da Educação envolvendo 
o ministro Milton Ribeiro.  
MATEUS BONOMI/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA

Presidente se pronunciou sobre um suposto esquema de repasses dos recursos do Ministério da Educação a pastores aliados do governo.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) se manifestou nesta quarta-feira, 23, sobre os áudios vazados envolvendo o ministro da Educação, Milton Ribeiro, em um suposto esquema envolvendo repasses do MEC a pastores aliados do governo. O mandatário afirmou que é uma “satisfação” trazer de volta o “patriotismo no coração do Brasil” e que sua gestão contabiliza “três anos e três meses sem qualquer denúncia de corrupção em nossos ministérios”. “Tentam, a toda maneira, nos igualar com quem nos antecedeu. Mas não conseguirão, porque é um governo que, acima de tudo, tem profundo respeito pela sua população”, afirmou o chefe do Executivo. Bolsonaro ainda ressaltou que é preciso deixar para trás “aquela cor vermelha, a cor do comunismo, a cor do atraso e da corrupção”.

Por Jovem Pan

Postagem Anterior Próxima Postagem