SouGov.br ultrapassa 1 milhão de usuários

© Marcello CasalJrAgência Brasil

Plataforma atende servidores, aposentados e pensionistas federais

Plataforma que reúne servidores públicos da União, aposentados e pensionistas, o aplicativo SouGov.br ultrapassou a marca de 1 milhão de usuários, divulgou hoje (21) o Ministério da Economia. Em menos de um ano de funcionamento, a ferramenta cadastrou 70% do funcionalismo do Poder Executivo Federal.https://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.png?id=1449687&o=nodehttps://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.gif?id=1449687&o=node

Atualmente, o aplicativo, que também tem uma versão para computador, oferece mais de 40 serviços digitais aos servidores públicos federais. A ferramenta foi lançada em maio do ano passado para substituir o Sistema de Gestão de Pessoas do Governo Federal (Sigepe), antigo sistema de relacionamento do Poder Executivo com os servidores.

Entre os serviços executados por meio do SouGov.br estão pedidos de licenças, entrega de atestados médicos e fornecimento do informe de rendimentos para o Imposto de Renda. Diferentemente do Sigepe, o SouGov.br funciona apenas com login do Portal Gov.br, portal único de serviços do governo federal.

Segundo o Ministério da Economia, o aplicativo está sendo ampliado para oferecer serviços novos aos servidores federais. Entre os recursos a serem ofertados, estão os pedidos de licença para capacitação, registro eletrônico de frequência, pedidos de férias, de aposentadoria e de pensão. Os serviços ainda disponíveis no Sigepe serão totalmente migrados para o SouGov.br.

De acordo com o Ministério da Economia, a digitalização dos serviços na Administração Pública Federal traz dois ganhos. O primeiro é a redução da burocracia interna no governo e o aumento da comodidade para os servidores, que não precisam mais ir a uma unidade de serviços para pedirem benefícios ou fornecerem informações. O segundo ganho é o remanejamento de servidores de atividades operacionais internas para funções mais estratégicas, de atendimento ao público e de novas políticas públicas de gestão de pessoas.

Agência Brasil - Brasília

Postagem Anterior Próxima Postagem