RJ decide transferir às prefeituras decisão sobre uso de máscara

Governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro 
Foto: Eliane Carvalho

Caberá aos gestores municipais a decisão de liberar ou não o uso de máscara em ambientes fechados

O Governo do Estado do Rio de Janeiro vai publicar ainda nesta quinta-feira, dia 3, um decreto em que faculta aos municípios a flexibilização do uso de máscara em lugares fechados. Ao ar livre, já era possível sair sem máscara desde outubro.

Segundo explicou a gestão de Cláudio Castro (PL), caberá aos gestores municipais a decisão de liberar ou não o uso do equipamento de proteção individual.

O governo estadual justificou passar a responsabilidade para as prefeituras “diante do cenário heterogêneo atual da pandemia no Estado do Rio de Janeiro”.

Em nota, o Estado cita a alta cobertura vacinal e a existência de municípios com baixo risco para a doença e outros ainda saindo da quarta onda da covid-19 provocada pela variante Ômicron.

 “Independentemente da decisão tomada por cada secretaria municipal, aquelas pessoas que desejarem continuar usando máscara em locais fechados ou abertos podem assim fazê-lo.”

O governo do Rio também recomenta que pessoas com sinais e sintomas respiratórios mantenham o uso da máscara se forem entrar em contato com outras pessoas. O secretário de Saúde, Alexandre Chieppe, disse que, neste caso, o ideal é que a pessoa faça isolamento.

A Secretaria de Estado de Saúde informou que seguirá com o monitoramento dos indicadores e a atualização semanal dos mapas de risco por região e por município para subsidiar as decisões dos prefeitos.

“Nos locais em que a Secretaria de Estado de Saúde determinar a permanência do uso obrigatório de máscara, continuarão em vigor as penalidades dispostas”.

Redação Oeste

Postagem Anterior Próxima Postagem