Reunião do Conselho de Segurança Pública de Rio das Ostras acontece nesta terça, 29

Reunião acontece na próxima terça-feira, dia 29, e 
apresentará novos responsáveis pelo policiamento
 na Cidade. Foto: Divulgação

Uma vez ao mês, o Conselho Comunitário de Segurança Pública de Rio das Ostras se reúne com autoridades municipais e policiais para ouvir as demandas da população, debater soluções e tomar decisões mais assertivas em relação à Segurança Pública da Cidade. Na próxima terça-feira, dia 29, representantes da Segurança Pública irão se reunir às 19h, na Hospedaria Lagoa do Iriry, na rua Recife, nº1098, no Jardim Bela Vista.

No encontro, serão apresentadas a população as autoridades, o trabalho e serviços que já estão sendo realizados por cada órgão, as estatísticas das ocorrências registradas com base nos dados do Instituto de Segurança Pública- ISP, o Programa Estadual de Integração na Segurança – Proeis, além do projeto Vizinho Solidário. Também será abordada a importância da criação do grupo em uma rede social de mensagens com integrantes do comércio, da 3ª companhia (responsável pelo policiamento na Cidade) e do Conselho de Segurança. Durante a reunião, os participantes vão poder abordar com as autoridades do Município as dúvidas, sugestões e reclamações sobre Segurança Pública.

PARTICIPAÇÃO – A população deve levar para as autoridades do Município suas dúvidas, elogios, sugestões e reclamações sobre a Segurança em Rio das Ostras.

Devem participar do encontro o novo comandante do 32º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Vinícius Carvalho da Silva, o novo comandante da 3ª Companhia da Polícia Militar, Capitão Macena e o Delegado Titular da 128ª Delegacia de Polícia, Ronaldo Cavalcante, além de autoridades municipais.

É importante ressaltar que o uso de máscaras é obrigatório e que todos os protocolos de prevenção quanto ao Covid-19 serão respeitados.

CONSELHO COMUNITÁRIO DE SEGURANÇA – O Conselho é um canal de comunicação entre a sociedade civil e as Secretarias de Estado de Polícia Civil e de Polícia Militar, atuando como colaboradores voluntários, não remunerados e compromissados com a redução da violência, da criminalidade e com a paz social.

Postagem Anterior Próxima Postagem