Putin é um criminoso de guerra, afirma Biden

Joe Biden chamou Vladimir Putin de assassino 
 Foto: Erin Scott/Casa Branca

No ano passado, o presidente dos Estados Unidos já havia classificado o líder russo como assassino

Vladimir Putin é um criminoso de guerra, afirmou o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, nesta quarta-feira, 16. A declaração foi feita logo depois de o democrata anunciar o envio de US$ 800 milhões em equipamentos militares para a Ucrânia, incluindo drones e sistemas antiaéreos.

Biden estava conversando com jornalistas na Casa Branca, quando uma repórter o interpelou: “Senhor presidente, depois de tudo que estamos vendo, você está pronto para chamar Putin de criminoso de guerra?”. Ele respondeu que não. Na sequência, outra profissional perguntou se Biden irá para a Polônia, onde há um fluxo de refugiados partindo da Ucrânia. Ele, então, voltou à primeira repórter e disse: “Ah, penso que Putin é um criminoso de guerra”.

A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, defendeu a declaração do democrata. “As observações do presidente falam por si mesmas”, ressaltou. “Ele estava falando com o coração. Estamos vendo ações bárbaras, cometidas por um ditador brutal, contra outro país.”

-Publicidade-

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, respondeu ao comentário do presidente norte-americano. “É inaceitável, de uma retórica imperdoável”, disse, segundo reportagem da agência de notícias russa TASS.

No ano passado, durante entrevista concedida à emissora ABC News, Biden já havia classificado Putin como um assassino. Na ocasião, o jornalista George Stephanopoulos perguntou: “O senhor conhece Vladimir Putin. Pensa que ele é um assassino?”. O democrata respondeu: “Penso”.

Redação Oeste

Postagem Anterior Próxima Postagem