Pancadaria em estádio de futebol deixa feridos no México

Torcedores do Querétaro prestes a agredir o rival
Foto: Reprodução/Twitter

Jogo entre Querétaro e Atlas precisou ser interrompido

Torcedores do Querétaro e do Atlas protagonizaram uma briga generalizada durante o jogo entre as equipes, disputado no sábado 5, no Estádio La Corrigiedora. A partida, válida pelo Campeonato Mexicano de Futebol, precisou ser interrompida aos 15 minutos do segundo tempo, quando os visitantes venciam por 1 a 0. A pausa ocorreu em virtude da invasão de campo pelos torcedores, que iniciaram uma verdadeira batalha campal.

Segundo a Polícia de Querétaro, a pancadaria resultou em 22 feridos. Nove pessoas foram hospitalizadas, duas em estado grave. As autoridades do país não informaram se houve mortos. De acordo com a imprensa local, dez torcedores foram presos por envolvimento na briga. Diante do ocorrido, a Liga Mexicana anunciou a suspensão do restante da rodada.


Imagens compartilhadas nas redes sociais mostram pessoas sendo espancadas e arrastadas pelo chão. Alguns torcedores ficaram desacordados, cobertos de sangue, na arquibancada do Estádio La Corrigiedora. “A violência em Querétaro é inaceitável e lamentável”, ressaltou a Liga Mexicana, no Twitter. “Os responsáveis pela falta de segurança no local serão punidos.”

O governador de Querétaro, Mauricio Kuri, disse que os representantes dos clubes devem responder pelos acontecimentos. “Dei instruções para que a lei seja aplicada com todas suas consequências”, afirmou.

Redação Oeste

Postagem Anterior Próxima Postagem