Operação Lei Seca flagra mais de mil motoristas dirigindo alcoolizados durante o feriado de Carnaval

Em blitzes realizadas de sexta à terça (25/02 a 01/03)
 mais de 5 mil motoristas foram abordados

A Operação Lei Seca reforçou as ações de fiscalização durante o feriado prolongado de Carnaval, com um esquema especial durante o dia e à noite em todo o estado. De 25/02 ao dia 01/03, ao todo 5.408 motoristas foram abordados e destes, 1.001 tinham sinais de embriaguez, o que representa 18,51% do total de abordagens.

Neste período foram realizadas blitzes nas rodovias, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Batalhão de Polícia de Choque (BPChq) e o Batalhão de Ações com Cães (BAC).

Em comparação com o feriado nos dois últimos anos, este ano os casos de alcoolemia aumentaram significativamente. No feriado de carnaval do ano passado, 207 motoristas foram flagrados dirigindo embriagados já em 2020 foram 177 casos de alcoolemia.

“É muito preocupante esse número tão expressivo de casos de alcoolemia registrados durante esse feriado. E isso reforça a importância da nossa Operação nas ruas, por isso seguiremos reforçando as ações de fiscalização na missão de salvar vidas e tornar o trânsito mais seguro,” cita o superintendente da Operação Lei Seca, tenente - coronel Fábio Pinho

A Operação Lei Seca, da Secretaria de Estado de Governo, é um programa educativo e de fiscalização, de caráter permanente, que foi lançado em 19 de março de 2009 e atua diariamente na missão de salvar vidas.

Postagem Anterior Próxima Postagem