ONU: Guerra na Ucrânia já causou a morte de mais de 1.100 civis

Militares russos dirigem veículos blindados de 
infantaria no centro de Volnovakha, Ucrânia. 
 EFE/EPA/SERGEI ILNITSKY

Dados foram publicados em um relatório das Nações Unidas para os Direitos Humanos; dos óbitos totais, 103 são crianças

Um relatório divulgado pelo escritório das Nações Unidas para os Direitos Humanos, comandado pela comissária Michelle Bachelet, nesta segunda-feira, 28, informa que 1.151 civis foram assassinados desde o início da invasão russa em território ucraniano. Deste número, 103 são crianças. Entre os que ficaram feridos devido aos ataques russos, o número sobe para 1.824 civis, incluindo 133 menores de idade. A organização mundial ressalta, ainda, que é provável que os números sejam maiores já que não há informações completas em decorrência do conflito armado e de cidades ucranianas tomadas por tropas russas. Segundo normas do direito internacional, ataques contra civis e infraestruturas não militares pode ser configurado como um crime de guerra.

Por Jovem Pan

Postagem Anterior Próxima Postagem