Maduro e Putin falam por telefone e tratam de fortalecer laços

O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, e o presidente
 da Rússia, Vladimir Putin | Foto: Reprodução/Twitter

Ditador da Venezuela criticou 'atividades desestabilizadoras dos EUA'

O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, e o presidente da Rússia, Vladimir Putin, discutiram o fortalecimento de suas relações em uma conversa por telefone nesta terça-feira, 1º. É o que informou a agência de notícias Interfax.

Conforme a reportagem, Maduro reiterou votos de solidariedade a Putin em meio ao conflito entre Rússia e Ucrânia. Na semana passada, a Venezuela formalizou apoio ao presidente russo tão logo começou a crise entre os países.

“Nicolás Maduro expressou seu firme apoio às ações decisivas da Rússia e condenou as atividades desestabilizadoras dos Estados Unidos e da Otan”, informou uma nota emitida pelo Kremlin, sobre o diálogo entre os líderes.

Maduro ressaltou ainda “a importância de combater a campanha de mentiras e de desinformação lançada pelos países ocidentais”. Putin agradeceu e disse que está apenas protegendo regiões separatistas na Ucrânia.

Putin afirmou a Maduro que quer “desnazificar” e “desmilitarizar” a Ucrânia. Segundo o Kremlin, os dois mandatários ainda discutiram assuntos sobre a parceria estratégica bilateral e a implementação de projetos conjuntos.

Cristyan Costa

Postagem Anterior Próxima Postagem