Joel Santana anuncia que será candidato a deputado federal pelo Rio de Janeiro

Reprodução/Flow Sport ClubJoel Santana será candidato
 a deputado federal pelo Rio de Janeiro

Multicampeão nos cariocas Flamengo e Vasco, o treinador afirmou que conta com o carinho da população e que trabalhará, principalmente, em pautas focadas em auxiliar as crianças e os idosos

Sem trabalhar no futebol desde 2017, quando saiu do Black Gold Oil (EUA)Joel Santana anunciou nesta terça-feira, 15, que irá ingressar na carreira política. Atualmente com 73 anos, o treinador disse que será candidato a deputado federal pelo Rio de Janeiro nas eleições de 2022. “Eu fui convocado por uma pessoa. Aliás, eu já venho sendo convocado há muito anos. Eu vejo tantas coisas erradas… Eu não admito que as pessoas pisem nas outras. Eu falo pelo Rio de Janeiro, mas em São Paulo está assim e nos outros Estados também. Imagine o que esse povo está passando. A gente inventa desculpas, fala em pandemia, preço do petróleo… Mas não tem desculpa, nós somos um país que tem comida. Não pode ir em Amazonas e querer tirar a terra dos indígenas! Que p**** é essa? Eu não quero ser o salvador da pátria, mas quero levar minha filosofia. Você não pode roubar uma terra que foi conquistada com luta! O nordestino não pode ficar sem água! Aqui, não falta comida. É só querer trabalhar!”, disse em entrevista ao “Flow Sport Club”.

Multicampeão nos cariocas Flamengo Vasco, Joel Santana afirmou que conta com o carinho da população do Rio de Janeiro e que trabalhará, principalmente, em pautas focadas em auxiliar as crianças e os idosos. “O pessoal me conhece, gosta de mim e sabe que eu sou honesto. Eu não sou só ficha limpa, minha vida é limpa o tempo todo. Nasci do nada, e hoje cheguei onde estou com respeito, afeto e amizade. Não dá para pensar que no Brasil só tem ladrão. Um país como este, não pode ficar escutando história todo dia. Não quero falar mais, mas se eu for eleito, aí vou falar. Vou concorrer! Sabe qual é o meu projeto? Crianças e idosos! Eu estudei em escola pública… O que é uma merenda? Não é nada para esse país. Juro que vou fazer o melhor para o meu Estado”, declarou o técnico, que preferiu não revelar qual será o seu partido. “Então, se não der certo, eu paro. A política é muito difícil e precisa estar com os pés no chão, mas eu vou encarar”, acrescentou.

Por Jovem Pan

Postagem Anterior Próxima Postagem