Itaperuna passa a utilizar aterro sanitário e encerra atividades no ‘lixão’, após 27 anos

A Prefeitura de Itaperuna, RJ, celebra mais uma importante conquista da atual gestão. O município passou a utilizar aterro sanitário, encerrando as atividades no “lixão”.

De acordo com Sérgio Zampiér, secretário Municipal do Ambiente, as atividades no “lixão” estavam em funcionamento há quase três décadas.

“O lixão estava em funcionamento há cerca de 27 anos, e nesse período foram acumuladas mais de 500 mil toneladas de lixo. Nós assumimos o compromisso na Secretaria Municipal do Ambiente, com grandes desafios e estamos cumprindo as principais demandas, como por exemplo, a substituição da empresa de coleta de lixo, com mais veículos e melhor estrutura de trabalho; recuperação do ICMS Verde; a implantação da coleta seletiva; e agora, o fim do lixão e a utilização de aterro sanitário”, comenta o secretário.

O prefeito Alfredo Paulo Marques Rodrigues, Alfredão, mencionou a filosofia de trabalho da atual gestão em deixar um legado verde para as futuras gerações.

“Nossa filosofia de trabalho é deixar uma cidade mais verde para as futuras gerações. Entendo que o meio ambiente precisa e merece uma especial atenção. Temos uma equipe competente na Secretaria do Ambiente, que vem conseguindo avançar com as pautas essenciais. Vamos continuar trabalhando por uma Itaperuna mais verde”, destaca o prefeito.

Finalizando, o secretário Zampiér mencionou que há um estudo para recuperar a área onde o “lixão” ficou instalado durante esse período.

Secretário Sérgio Zampiér (E) ao lado do prefeito Alfredão.
Foto DECOM Itaperuna

“Estamos estudando a recuperação dessa área. Para acabar com o lixão, temos que entregar uma área igual, como recebemos. Estamos seguindo as normas ambientais não só do Brasil, mas todas as leis ambientais. Essa área hoje é degradada, mas, voltará a ser uma área normal. É compromisso do prefeito Alfredão cumprir com todas normas e leis ambientais”, finaliza Zampiér.

Atualmente os rejeitos estão sendo descartados no aterro sanitário localizado no Morro do Coco, distrito de Campos dos Goytacazes.

Postagem Anterior Próxima Postagem