Governo do Estado lança programa de reforma de delegacias

Ao todo, 25 unidades serão contempladas ao longo dos próximos 45 dias

O governador Cláudio Castro e os secretários de Infraestrutura e Obras, Max Lemos, e de Polícia Civil, Allan Turnowski, lançaram, na manhã desta segunda-feira (28/03), o programa de reforma de 25 delegacias. As primeiras unidades foram escolhidas levando em consideração problemas como nas áreas de hidráulica e elétrica, além dos alojamentos.

Segundo Castro, todas as unidades do Estado passarão por reforma. O governador ressaltou a importância de se oferecer aos policiais não apenas equipamentos, mas também lugar digno de trabalho.

- As reformas são parte de um programa maior de atenção àqueles que trabalham pela segurança da população. Essas são as primeiras 25 que passarão por reforma, para dar mais dignidade ao ambiente de trabalho dos policiais - afirmou.

Nesse primeiro momento, foram contempladas nove unidades da capital (Mem de Sá, Copacabana, Tijuca, Vicente de Carvalho, Marechal Hermes, Campo Grande, Pavuna e Tanque, além da Delegacia de Homicídios); da Baixada Fluminense (Mesquita, Belford Roxo, Comendador Soares, Campos Elíseos e Imbariê); e do interior (Neves, Valença, Piraí, Três Rios, Teresópolis, Araruama, São Pedro da Aldeia, Armação de Búzios, Miracema, Nova Friburgo e Rio Claro). Os técnicos da Empresa de Obras Públicas (Emop-RJ), órgão vinculado à Secretaria de Infraestrutura e Obras que ficará responsável pelas reformas, farão um levantamento em todas as unidades escolhidas para desenvolver projetos focados nas necessidades de cada delegacia.

- Recebemos uma determinação do governador Cláudio Castro de investir na reforma em vários equipamentos da Segurança Pública. Estamos investindo R$ 200 milhões nas unidades da Policia Militar, estamos finalizando as obras do Instituto Médico Legal de Araruama; vamos investir R$ 7 milhões na reforma do Instituto Médico Legal da Avenida Francisco Bicalho, no Centro do Rio; e agora estaremos recuperando as delegacias – frisou Max Lemos.

O secretário Allan Turnowski agradeceu a agilidade de Lemos nas obras voltadas à Polícia Civil. Segundo ele, a discussão sobre o cronograma de investimentos na recuperação de unidades aconteceu há duas semanas e agora já estão assinando o documento para o início dessas reformas.

- Quando o secretário pediu que definíssemos as primeiras 25 unidades, pedi que fossem levantadas aquelas que tinham problemas mais urgentes. Hoje que os delegados saberão quais serão as primeiras escolhidas – concluiu Turnowski.

Obras em andamento

As obras do Posto Regional de Polícia Técnica e Científica (PRPTC) e do Instituto Médico Legal de Araruama estão em fase de finalização. Foram investidos R$ 2 milhões na recuperação estrutural, além do sistema de refrigeração do PRPTC.

Na Delegacia da Posse, em Nova Iguaçu, foram investidos R$ 445 mil na recuperação dos sanitários, duas carceragens/salas de custódia, cartório, cozinha, salas de repouso e mais 14 salas. As obras também contemplaram a recuperação da fachada do prédio e a reconstrução do muro externo, que havia desabado.

Já em Petrópolis, por conta das chuvas, a delegacia ficou destruída e foram iniciadas obras de limpeza, recuperação de piso e desobstrução das redes de drenagem e ralos da unidade.

Postagem Anterior Próxima Postagem