‘Brasil continua em uma posição de equilíbrio’ sobre guerra entre Rússia e Ucrânia, diz Bolsonaro

Presidente defendeu 'equilíbrio' no posicionamento
 sobre a guerra. JOÃO GABRIEL RODRIGUES/FATOPRESS

Presidente afirmou que o Brasil não tem capacidade de resolver o conflito e tem negócios com os dois países

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou nesta quinta-feira, 3, que o Brasil continua em uma “posição de equilíbrio” sobre a guerra entre Rússia e Ucrânia. “Muita gente me questiona que eu tenho que ter uma posição mais firme de um lado ou de outro. O Brasil continua numa posição de equilíbrio. Temos negócios com os dois países. Não temos a capacidade de resolver esse assunto, então o equilíbrio é a posição mais sensata do governo federal”, declarou durante sua live semanal. O chefe do Executivo não mencionou o telefonema que teve com o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson. Segundo o governo britânico, os dois líderes concordaram com um cessar-fogo urgente na Ucrânia. 

Ao lado da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, Bolsonaro também falou sobre as consequências econômicas do conflito. “A guerra não vai produzir efeitos benéficos para nenhum dos dois países, muito menos para o mundo. As consequências estao aí, o preço do petróleo disparou”, disse. “A nossa economia já sofreu um baque – não muito grande porque foi um dos países que menos sofreu com a pandemia na questão econômica – e vai sofrer outra pancada com o que está acontecendo lá fora. Prejudica muito todos nós aqui dentro”, ressaltou. 

Assista à transmissão da live de Bolsonaro no programa Os Pingos Nos Is: 

Por Jovem Pan

Postagem Anterior Próxima Postagem