Biometano pode garantir segurança energética no Brasil, diz secretário

© Marcello Casal jr/Agência Brasil

Combustível, que é considerado limpo, ganhou apoio do governo federal

Feito a partir da purificação do biogás e alternativa limpa à gasolina, ao gás natural e ao diesel, o biometano ganhou ontem apoio do governo federal e será componente essencial na garantia da segurança energética do Brasil em meio a cenários de incerteza, afirmou hoje o secretário adjunto da Secretaria de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia, Pietro Adamo Sampaio.https://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.png?id=1449994&o=nodehttps://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.gif?id=1449994&o=node

Em entrevista ao programa A Voz do Brasil, Sampaio afirmou que o país tem capacidade de atingir o patamar de produção de 120 milhões de metros cúbicos (m³) por dia de biogás. Segundo explicou o secretário, a commodity não está sujeita à volatilidade internacional de preços, em especial combustíveis fósseis derivados do petróleo negociados em moedas estrangeiras.

Pietro Adamo Sampaio também explicou que existe a possibilidade de usar o biogás e o biometano na geração de energia elétrica. O governo federal estima que serão investidos R$ 7 bilhões no setor até 2027.

Outras alternativas renováveis que devem ser inseridas no mercado brasileiro são o etanol de segunda geração, o biodiesel e o diesel verde - que atualmente é desenvolvido na Região Norte do Brasil, explicou Sampaio.

Agência Brasil - Brasília

Postagem Anterior Próxima Postagem