Rio das Ostras adere ao Programa Estradas AGRORJ

O interior do Estado do Rio de Janeiro tem sido tratado 
com olhar especial pela gestão estadual. Foto: Divulgação

A Prefeitura de Rio das Ostras, por intermédio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca, aderiu ao Programa Estradas AGRORJ, uma das vertentes do Pacto RJ, maior pacote de investimentos já realizado pelo Estado do Rio de Janeiro.

O interior do Estado do Rio de Janeiro tem sido tratado com olhar especial pela gestão estadual e os resultados, sob o ponto de vista do setor agropecuário, são visíveis: o setor, por exemplo, foi o único que não apresentou déficit de empregos mesmo na pandemia.

É neste cenário que a Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento lança o programa Estradas AGRORJ, fruto de uma mudança no modelo administrativo: a realização de Pregão Eletrônico para Registro de Preço de máquinas e equipamentos para atender especificamente as áreas rurais e suas estradas vicinais.

A iniciativa deu mais transparência, eficiência e reduziu o número de licitações e irá evitar a realização de contratações emergenciais em casos de Calamidade Pública. Dessa forma, o programa Estradas AGRORJ prevê a recuperação e a manutenção em vários municípios de estradas vicinais que escoam a produção rural nas diversas regiões agroeconômicas do estado.

CANTAGALO – O Programa está chegando a Rio das Ostras, mais especificamente ao Distrito Rural de Cantagalo, onde os Técnicos da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento irão realizar visitas para identificar as vias que precisam de recuperação e fazer o seu georeferenciamento para que possam ocorrer as intervenções, seguindo as orientações do Departamento Agropecuário da Secretaria.

Recuperar e manter as estradas vicinais não é somente essencial para a Economia, mas também para o bem-estar da população, especialmente das áreas rurais. As intervenções vão melhorar a trafegabilidade e ajudar a reduzir os custos finais dos produtos, resultando no aquecimento da economia local e gerando emprego e renda.

Postagem Anterior Próxima Postagem