terça-feira, 22 de fevereiro de 2022

Presidente da Ucrânia alega que ações de Vladimir Putin violam a soberania nacional

olodymyr Zelensky afirma que as ações de Vladimir 
Putin violam a soberania nacional da Ucrânia. 
Mykhaylo Markiv / The Presidential Administration 
of Ukraine - 9/11/2020

Volodymyr Zelensky ressaltou que não irá desistir e que o compromisso ucraniano será com uma ‘solução pacífica e diplomática’

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, realizou um pronunciamento em rede nacional na noite desta segunda-feira, 21, e acusou a Rússia de arruinar as negociações de paz em meio aos conflitos na região da fronteira entre os dois países. O mandatário reconheceu que o compromisso do país será com uma saída diplomática e ressaltou que o momento será fundamental para “ver quem são os nossos verdadeiros amigos”, mas afirmou que não fará concessões territoriais. “Estamos comprometidos com uma solução pacífica e diplomática. Estamos em nossa própria terra. Não tememos ninguém. Não devemos nada a ninguém e não vamos desistir.” O chefe do Executivo ucraniano pontou que espera medidas “claras e eficazes” de seus aliados para se opor a Rússia. Mais cedo, o presidente Vladimir Putin, reconheceu a independência de duas regiões separatistas na Ucrânia, Donetsk e Lugansk. Em seguida, o líder do Kremlin autorizou o envio de tropas russas ao território ucraniano com a finalidade de ‘manter a paz’ na região.

Por Jovem Pan