segunda-feira, 21 de fevereiro de 2022

Lucro da Petrobras deve crescer 50% e bater recorde

A divulgação do balaço será feita na quarta-feira 23 
Foto: André Motta de Souza/Agência Petrobras

A petroleira acumula lucro líquido de R$ 75 bilhões em nove meses de 2021 e caminha para atingir uma nova marca histórica

A Petrobras deve fechar o ano de 2021 com um lucro recorde. A projeção realizada por especialistas deve ser confirmada na quarta-feira 23 na divulgação do balanço financeiro da estatal.

petroleira acumula lucro líquido de R$ 75 bilhões nos nove primeiros meses de 2021 e caminha para atingir uma nova marca histórica.

Até então, o melhor resultado anual registrado pela companhia ocorreu em 2019, quando a estatal fechou o ano com lucro de R$ 40 bilhões.

As projeções de analistas indicam que a Petrobras deve apresentar, novamente, indicadores financeiros sólidos.

De acordo com a média das projeções dos quatro bancos (BTG, Credit Suisse, Goldman Sachs e UBS BB), ouvidos pelo jornal Valor Econômico e divulgado no domingo 20, a petroleira deve reportar Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de quase R$ 70 bilhões relativo ao período entre outubro e dezembro.

O montante é 50% maior que o apurado em igual período de 2020 e 15% superior ao do terceiro trimestre de 2021.

Barril mais caro favoreceu a Petrobras

Na avaliação do Goldman Sachs, o barril mais caro deve ser o principal impulsionador do segmento de exploração e produção, o carro-chefe da companhia.

O barril do tipo Brent foi cotado, em média, a US$ 79 entre outubro e dezembro de 2021. Para efeitos de comparação, em igual período de 2020 a commodity foi negociada, em média, a US$ 44 o barril.

Redação Oeste