EUA e Rússia entram em atrito no Conselho de Segurança da ONU

Conselho de Segurança da ONU discutiu sobre a crise 
que envolve a Ucrânia | Foto: Reprodução/Redes sociais

Países seguem em impasse sobre o conflito que envolve a Ucrânia

Estados Unidos e Rússia confrontaram-se nesta segunda-feira, 31, no Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU). Na reunião, os países-membros discutiram sobre o conflito que envolve a Ucrânia.

O embaixador da Rússia na ONU, Vassily Nebenzia, acusou Washington de “criar histeria” e “enganar a comunidade internacional” com “acusações infundadas” sobre a crise geopolítica no Leste Europeu. A representante dos EUA, Linda Thomas-Greenfield, rebateu as declarações e acusou o Kremlin de ameaçar a segurança internacional. No momento, cerca de 175 mil soldados russos estão posicionados próximo à fronteira ucraniana.

Na terça-feira 1º, haverá uma conversa entre o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, e o chefe da diplomacia dos EUA, Antony Blinken, a fim de buscar uma saída diplomática para o conflito que envolve Kiev.

-Publicidade-

O Reino Unido também está inserido nesse impasse geopolítico. Conforme noticiou Oeste, Moscou avalia como preocupante a declaração da chancelaria britânica sobre a possibilidade de apreensão dos bens de empresários russos, segundo o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

Recentemente, a chanceler do Reino Unido, Liz Truss, anunciou que Londres cogita a hipótese de confiscar as propriedades de “oligarcas russos” no país. Moscou, por sua vez, acusa Londres de preparar deliberadamente um ataque contra as empresas russas.

Redação Oeste

Postagem Anterior Próxima Postagem