terça-feira, 22 de fevereiro de 2022

Desabrigados em Petrópolis vão receber R$ 1 mil de aluguel social

Mãe brinca com o filho em meio à devastação
em Petrópolis — Foto: Marcos Serra Lima/g1

Do total, R$ 800 serão pagos pelo Governo do Estado e R$ 200 pela Prefeitura. Os desabrigados estão automaticamente cadastrados no programa, segundo o município. Eles ainda serão incluídos no Cartão Imperial para receber R$ 70 mensais como complemento de renda.

Os desabrigados da tragédia em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, que estão em pontos de apoio da Prefeitura, vão receber R$ 1 mil de aluguel social, sendo R$ 800 pagos pelo Governo do Estado e R$ 200 pela Prefeitura. Segundo o município, são 967 pessoas desabrigadas e acolhidas em 19 escolas públicas da cidade.

Desabrigados em Petrópolis, no bairro Alto 
Independência — Foto: Chandy Teixeira

Além disso, segundo a Prefeitura, as vítimas vão ser incluídas no Cartão Imperial para receber R$ 70 mensais como complemento de renda.

Escola municipal de Petrópolis; há 180 pessoas 
abrigadas nela — Foto: Rafael Barifouse/BBC News Brasil

As mortes em decorrência das chuvas que atingiram a cidade na semana passada chegaram a 181, informou o Corpo de Bombeiros nesta segunda-feira (21). O número é o maior já registrado na história do município – a maior catástrofe até aqui era a de 1988, quando 171 morreram. Ainda há 104 desparecidos.

O assunto foi discutido durante reunião na manhã desta segunda-feira (21) entre representantes do Ministério Público (MP), Defensoria Pública, Governo do Estado, Prefeitura, além do bispo diocesano Dom Gregório Paixão e integrantes da Igreja Católica.

Por g1 — Petrópolis