quinta-feira, 24 de fevereiro de 2022

Catadora de lixo encontra bebê recém-nascido morto em aterro sanitário de Teresópolis, no RJ

Corpo do bebê foi encaminhado ao IML
de Teresópolis — Foto: Paola Oliveira/g1


Corpo foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para o IML de Teresópolis, na Região Serrana, sem a cabeça.

Um bebê recém-nascido foi encontrado morto por uma catadora de lixo, nesta quarta-feira (23), em um aterro sanitário na BR-116, bairro Fischer, em Teresópolis, na Região Serrana do Rio, segundo a Polícia Civil.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o corpo estava na parte alta do aterro, sem a cabeça. A polícia investiga se a cabeça foi cortada por algum caminhão utilizado no aterro ou se o corpo já foi jogado no local sem cabeça. Os bombeiros não informaram o sexo da criança. A polícia aguarda o resultado da perícia para divulgar a informação.

Até a publicação dessa reportagem a cabeça ainda não havia sido localizada. Também não há informação de quantos dias de vida tinha a criança.

"O corpo do bebê estava embalado junto com o lixo domiciliar recolhido pelo caminhão da empresa que presta o serviço de coleta para o município", disse a Prefeitura.

O aterro sanitário é administrado pelas secretarias municipais de Serviços Públicos e de Meio Ambiente. A Prefeitura disse que forneceu a rota do caminhão para as polícias Civil e Militar e se colocou à disposição para colaborar com as investigações.

O município informou ainda que não há câmeras de segurança no local.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. Corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Teresópolis (IML) e a Polícia Civil investiga o caso.

Por Paola Oliveira e Ariane Marques, g1 e RJ2 — Teresópolis