terça-feira, 22 de fevereiro de 2022

Bolsonaro sinaliza aumento para a PFR: ‘Espero que a sociedade entenda’

Presidente Jair Bolsonaro e policiais federais
 Foto: Reprodução/TV Brasil

'Quem pudermos salvar na frente, a gente salva', disse o presidente

O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a fazer elogios à Polícia Rodoviária Federal (PRF), e sinalizou nesta segunda-feira, 21, que deve conceder reajuste para os policiais.

Em evento no Palácio do Planalto, o chefe do Executivo federal disse esperar que a sociedade entenda que esses profissionais devem ser valorizados.

Bolsonaro afirmou que todas as categorias merecem ser valorizadas, mas lembrou que, além das mortes em decorrência da pandemia, o Brasil também teve um “baque” na economia.

“Todas as categorias merecem ser valorizadas e o que nós procuramos fazer? Quem pudermos salvar na frente, a gente salva”, disse. “Espero a compreensão dos demais servidores no Brasil.”

O presidente chamou superintendentes da PRF para a frente do púlpito da solenidade e afirmou que os policiais estavam no rol de categorias que “merecem reconhecimento”.

Desde o fim do ano passado, durante a elaboração do Orçamento de 2022, Bolsonaro já vem sinalizando um aumento para categorias da segurança pública, que integram a sua base de apoio.

Chegou a ser reservado na peça orçamentária o valor R$ 1,7 bilhão para reajuste de servidores federais, dinheiro que Bolsonaro já admitiu ser pensado para beneficiar essas categorias.

Diante das sinalizações do governo, os outros servidores públicos entraram em campo e realizaram uma série de ações cobrando que também tenham os seus salários reajustados.

Em 19 de janeiro, Bolsonaro afirmou que ainda não tinha se decidido sobre o reajuste dos servidores federais. Ele disse ser preciso decidir entre “salvar” três categorias de policiais ou deixar todas sofrerem.

O presidente afirmou que o governo reconhece o trabalho dos servidores, a defasagem e que a inflação foi “pesada”, mas destacou não haver folga no Orçamento deste ano.

Para tentar amenizar os ânimos, disse ter pedido à equipe econômica que contemple os servidores com um aumento em 2023.

Afonso Marangoni