Turista tenta fugir de assalto no Guarujá, é morto a tiros e capota o carro

Luigi Giacomazzi foi assassinado em uma tentativa
 de assalto no Guarujá.  
Reprodução/Facebook/Luigi Giacomazzi

Morador de Jundiaí, Lucas Giacomazzi passava o final de semana no litoral paulista com a mulher e um amigo; ninguém foi preso até o momento

Luigi Giacomazzi, de 26 anos, morador de Jundiaí, foi assassinado neste sábado, 30, no Guarujá após tentar resistir a um assalto. A tentativa de assalto ocorreu na Rua da Praça, na Praia da Enseda, por volta das 13. Acompanhado da esposa e de um amigo, Giacomazzi foi abordado por um criminoso, tentou fugir de ré, mas levou diversos tiros — um deles na nunca — e capotou o carro. As outras duas vítimas foram socorridas e passam bem. Nenhuma delas foi alvo dos disparos.

Em uma rede social, esposa de Giacomazzi (com o nome mantido em sigilo por segurança) desabafou sobre sua perda. “Estou destruída. Mesmo com idas e vindas, foram 6 anos de histórias, de amor. Logo agora que estava tudo certo, nossa casa, nossas coisas, construindo tudo, o plano de ter mais um filho, nossos planos todos foram por água abaixo. Em uma tentativa de assalto, o cara atirou na sua cabeça e capotamos o carro. A partir daí, perdi o homem da minha vida, o homem que largou tudo pra ir comigo para a Austrália, que cresceu comigo, deixou de ser menino para ser um pai de família, que nos amava e nos defendia mais do que tudo.”

Segundo a Polícia Militar, o carro usado no assalto foi roubado pouco antes do assassinato. A PM não sobre precisar o número exato de bandidos envolvidos na ação criminosa, mas é possível afirmar que a pessoa que efetuou os disparos não agiu sozinha. Os criminosos fecharam veículo de Giacomazzi, e um deles saiu do carro, anunciando o assalto. Até o momento, ninguém foi preso.

Por Jovem Pan

Postagem Anterior Próxima Postagem