Morre Elza Soares aos 91 anos

Seu trabalho "Do Cóccix ao Pescoço" foi indicado
 ao Grammy Latino em 2003. 
FÁBIO MOTTAE/STADÃO CONTEÚDO

Informação foi divulgada pela família da artista nas redes sociais; morte da cantora acontece no mesmo dia da do ex-jogador Garrincha, com quem foi casada por quase 20 anos

Morreu aos 91 anos, nesta quinta-feira, 20, a cantora Elza Soares, no Rio da Janeiro. A informação foi confirmada por sua equipe nas redes sociais. De acordo com o comunicado oficial da assessoria de imprensa, a artista faleceu por causas naturais, em sua casa. “A amada e eterna Elza descansou, mas estará para sempre na história da música e em nossos corações e dos milhares de fãs por todo mundo. Feita a vontade de Elza Soares, ela cantou até o fim”, diz um trecho da nota.

Ícone da cultura e da música popular brasileira, Elza Soares é considerada uma das maiores cantoras de todos os tempos, tendo sido eleita como a Voz do Milênio pela rádio BBC de Londres, em 1999. Curiosamente, a morte da cantora acontece no mesmo dia da do ex-jogador Garrincha, com quem foi casada entre as décadas de 1960 e 1980. O ídolo do Botafogo e da seleção brasileira morreu no dia 20 de janeiro de 1983. Em entrevista ao Conversa com Bial, da TV Globo, a cantora falou sobre o relacionamento com o atleta. “Sonho muito com o Mané. O maior amor da minha vida foi ele”, disse. No programa, Elza também contou que Garrincha prometeu a ela o título da Copa do Mundo de 1962. “Ele me prometeu e disse: ‘Olha criola, essa Copa eu vou dar pra você, vou fazer gol pra você”, afirmou. Elza e Garrincha tiveram um filho, Manoel Francisco dos Santos Júnior, conhecido como Garrinchinha. A criança morreu em um acidente de carro, aos 9 anos de idade.

Leia a íntegra do comunicado divulgado pela assessoria de imprensa de Elza Soares:

“É com muita tristeza e pesar que informamos o falecimento da cantora e compositora Elza Soares, aos 91 anos, às 15 horas e 45 minutos em sua casa, no Rio de Janeiro, por causas naturais. Ícone da música brasileira, considerada uma das maiores artistas do mundo, a cantora eleita como a Voz do Milênio teve uma vida apoteótica, intensa, que emocionou o mundo com sua voz, sua força e sua determinação. A amada e eterna Elza descansou, mas estará para sempre na história da música e em nossos corações e dos milhares fãs por todo mundo. Feita a vontade de Elza Soares, ela cantou até o fim. Pedro Loureiro, Vanessa Soares, familiares e Equipe Elza”.

Por Jovem Pan

Postagem Anterior Próxima Postagem