Cidade Integrada: Desenvolve Mulher abre inscrições em 3 de fevereiro no Jacarezinho e Muzema

Projeto com foco nas chefes de família entre 16 e 30 anos oferece auxílio mensal de R$ 300 para quem participar de 75% das atividades

Começam no dia 3 de fevereiro as inscrições para o Desenvolve Mulher, um dos projetos que fazem parte do Cidade Integrada, programa do Governo do Estado que leva ações sociais, desenvolvimento econômico, infraestrutura e segurança para comunidades. Criada para mulheres com idades entre 16 e 30 anos e que são chefes de família, a iniciativa vai ofertar capacitação profissional com foco no empreendedorismo para permitir a geração de renda própria.

Poderão participar as mães solos (com crianças até 10 anos) divorciadas e/ou que sustentam a família. As interessadas no programa precisam estar inscritas no Auxílio Brasil ou no CadÚnico. A ação é coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDSODH) e vai beneficiar mulheres das comunidades do Jacarezinho e da Muzema.

- Sabemos que a população feminina das comunidades tem muito potencial, mas, muitas vezes, não tem uma porta de entrada no mercado de trabalho. O Estado está ajudando estas mulheres com serviços sociais, diálogo e cidadania. Nosso objetivo é capacitar até mil mulheres em cada uma das comunidades onde o Cidade Integrada chegar – disse o governador Cláudio Castro.

As inscrições vão de 3 a 23 de fevereiro, das 12h às 17h. As interessadas devem procurar os postos de inscrição nas duas comunidades: Praça da Concórdia, s/n – Jacarezinho; e no ambulatório São João Batista da Ordem de Malta, localizado na Estrada do Itanhangá, 270 – Muzema.

- As mulheres são o arrimo dessas famílias e muitas vezes passam grande dificuldade para conseguir sustentar o lar. Os cursos de capacitação têm o potencial de mostrar um caminho para que elas possam gerar a própria renda - afirmou o secretário de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Matheus Quintal.

Auxílio mensal de R$ 300
Quem participar de ao menos 75% das atividades do Desenvolve Mulher, estará habilitada para receber um auxílio mensal de R$ 300. A previsão é que as aulas comecem no dia 8 de março – Dia Internacional da Mulher.

Capacitação de tutores
Desde o último dia 17 de janeiro, os 18 tutores que vão atuar no Desenvolve Mulher estão passando por uma capacitação. Durante um mês, os profissionais da área de serviço social e educação têm aulas com equipes do Banco da Providência, responsável pela metodologia do projeto.

- Eu nasci para acolher. Eu acredito muito no projeto Desenvolve Mulher porque tem um potencial para mudar a vida destas mulheres. Será uma troca de experiências muito rica. Vai valer a pena, tanto para elas, quanto para nós, tutores – contou Vera Lúcia Miranda Domingos, de 57 anos.

Os tutores vão acompanhar as beneficiárias em todo o processo, desde a fase I – chamada de “Desenvolvimento Humano”, passando pela II, que são os cursos técnicos. A fase III será no formato de estágio, onde as mulheres vão poder colocar em prática todo o aprendizado. O Desenvolve Mulher ofertará a cada beneficiária um kit com os itens relativos aos respectivos cursos para os primeiros trabalhos.

Serviço do Desenvolve Mulher:
Inscrições: de 3 a 23 de fevereiro de 2022
Horário: das 14h às 17h
Locais:
- Praça da Concórdia, s/n – Jacarezinho
- Estrada do Itanhangá, 270 – Muzema (ambulatório São João Batista da Ordem de Malta)
Cursos: Artesanato e manualidades, estética, maquiagem, designer de sobrancelha e extensão de cílios, tranças e penteados afros, designer de unhas, organização de eventos, cuidador de idosos, pequenos e grandes reparos.

Postagem Anterior Próxima Postagem