Alemanha diz que está pronta para ajudar Ucrânia caso haja invasão russa

A Alemanha está pronta para ajudar a Ucrânia financeira e economicamente, disse a ministra das Relações Exteriores do país, Annalena Baerbock, nesta segunda-feira (24) em Bruxelas.

Nos últimos dias, a pressão internacional sobre Berlim aumentou para entregar armas a Kiev.

“Estamos ao lado da Ucrânia, no que diz respeito ao apoio financeiro e econômico”, disse Baerbock a repórteres antes de uma reunião com seus colegas da União Europeia.

Respondendo a uma pergunta sobre se cortar a Rússia do sistema global de mensagens SWIFT deveria ser uma opção para sanções, Baerbock repetiu sua posição de que o “pau mais duro” pode nem sempre ser a arma mais inteligente a ser usada no final do dia.

As tensões entre a Ucrânia e a Rússia estão em seu ponto mais alto dos últimos anos, com uma tropa russa a postos próxima à fronteira entre as duas nações, levantando temores de que Moscou possa iniciar uma invasão nas próximas semanas ou meses.

A Rússia tem cerca de 100 mil soldados na fronteira com a Ucrânia desde os últimos meses, enquanto as autoridades ucranianas já alertaram para um ataque russo.

O ditador socialista Vladimir Putin, da Rússia, nega a intenção de atacar.

A Ucrânia foi invadida pela Rússia na década passada, quando Putin apoiou grupos separatistas na região da Crimeia, que foi anexada pela potência euroasiática depois da incursão.

 Gazeta Brasil

Postagem Anterior Próxima Postagem